Pesquisar este blog

domingo, dezembro 31, 2006

Feliz Ano Novo!



TUDO LIMPO E CLARO

(do lado de baixo do Equador)

Noeliza Lima/99

Comida na mesa, roupa branca, algo novo.

Neste ano, dizem, um vermelho prá paixão,

amarelo e laranja – o Sol no coração.

Antigo ritual, novos símbolos...

No Livro Sagrado ... branco é festa, vinho é alegria:

"Veste branco, e bebe do teu vinho com a mulher que amas..." (Ecles.?)

Se não tens, arruma uma prima, ou primo

Lasca-lhe um beijo, porque 'tudo vale a pena

(Como diz o poeta), se a alma não é pequena'!

Comas os caroços de uva,não esqueças os 3 pulinhos

(por causa de São Longuinho)

Assim tu não te perdes dos teus caminhos.

Mas nada acontece, viu,

Se não tens dentro do peito

a mortal, pecaminosa, histérica

Paixão -

Sabes o que é, não? Se não sabes, pressentes...

É aquele bichinho que fica roendo a gente

até a gente fazer o que tem vontade.

Ah, sentir um enamoramento total e desenfreado,

esta centelha, que não é asiática,

mas transcende o sofrimento e a dor.

e desabrocha em criação e energia.

A Pietá de Michelangelo - que o diga!...

Ou Va Pensiero, de Verdi

Ou o prato que tu fizeres. ..

Não tenhamos medo neste ano de grandes desafios.

Sejamos inteiros, sinceros, humildes (de humus)

e aproveitando, neste material de nascimento,

depositemos nossa gratidão por esta viagem.

Certamente além da imaginação :- a vida.

E na meia noite, olhes uma estrela dourada.

Não é a de Belém - é a tua e é minha também.

Tu vais ouvir, bem baixinho, e constante,

mais que uma ordem, um pedido

(que já me chegou de um caro amigo)

' por favor... SEJA FELIZ! '


NOTA

Para ler meu percurso, sugiro que clique em archives, aparecem todas as postagens, incluindo minha apresentação e os cursos e palestras que faço. Se pedirem para vc. se registrar, faça-o. Este blogger não tem vírus e é grátis.
Postar um comentário

Citação

Jung: ...A vida nada mais é do que um hiato. O que fazemos dela, o sentido que damos para ela enquanto vivemos importa mais do que qualquer acúmulo de glória e riquezas materiais.