Pesquisar este blog

terça-feira, setembro 23, 2014

Como achar um namorado - Receita?

Uma amiga perguntou-me isto. Fiquei sem saber o que falar e prometi escrever algo a respeito. Meu palpite geral seria : ''Sei lá, nem sei como arrumei'... O caso é que gosto muito dela e depois vejo tantos posts a respeito, não custa pensar a respeito.Pode ser que ajude efetivamente a alguma mulher. Especificamente mulheres de cinquenta, que só tiveram uma união significativa, e criada a moda antiga, com alguns lances de timidez.
Hoje esta amiga já encontrou alguém e está contente,experimentando um relacionamento saudável, sem cobranças. Acha até estranho ser assim.
Havia antigamente tantas proibições em se sair com homens que a mulher ficou meio sem repertório comportamental quando `paquerava`alguém. E apos os anos 70, veio aquela coisa de amizade colorida, que nos anos 90 foi rebatizada de ficar. Mas nos anos 70 era ruim, porque o `amigo` nao era muito íntimo e nem sabia o que as mulheres sentiam de verdade. Sentiam-se coisificadas, tipo acessório de loja chin-frin.
Na verdade a mulher tinha dificuldade em pedir diretamente o que queria. Era uma proibição interna, afinal fomos meio hipnotizadas pela cultura social da época, conformadas a respeito do comportamento masculino. Bem como Marta Medeiros  escreveu: doidas ou santas. Portanto amor era e acho que ainda é difícil, e o casamento já disse nada tem a ver com amor ou paixão. Mas namoro é diferente, é um momento passageiro que traz calma e carinho. E isto é o que minha amiga sente hoje. E um relacionamento assim, oras, claro que vai durar. Porque quem achava que o importante é `que seja intenso enquanto dure`era nosso querido poeta Vinicius de Moraes, não certamente a mulher. Mas hoje... a mulher jovem acho que já pensa mais na duração do emprego, ou não?

Noeliza
P.S. Comentem, preciso saber a quantas anda esta questão.
Postar um comentário

Citação

Jung: ...A vida nada mais é do que um hiato. O que fazemos dela, o sentido que damos para ela enquanto vivemos importa mais do que qualquer acúmulo de glória e riquezas materiais.