Pesquisar este blog

quinta-feira, dezembro 08, 2011

Profissão: a escolha


Esta pergunta invariavelmente nos é dirigida na infancia. A gente responde com profissões do momento. Só que estas escolhas são realmente engendradas aos 14 anos, quando o rol de profissões e sua especificidade mudaram. Há que se respeitar algumas coisas:

1. Qual o seu desejo? 2. Você tem as habilidades para isto? 3. Você tem condições financeiras para realizar seu desejo? 4. Quais as condiçoes do mercado de trabalho? 5. Você está preparado(a) para enfrentar desafios?

FATOS

Os jovens começam a trabalhar mais cedo, por vontade e/ou necessidade. Isto é desejável, visto que ir atrás do seu sustento é necessario ao processo de crescimento pessoal. Observam-se que pessoas que passaram por sofrimentos e desafios são mais providos afetiva e intelectualmete, e mostram mais dinamismo nas entrevistas e exames. Sabem se relacionar no meio de trabalho, e os cursos só estenderão mais estes aspectos internos.Em pesqusas na universidade ou empresas há dados importantes que mostram a diferença entre jovens que estão no mercado de trabalho desde o meio da adolescencia e aqueles que nunca trabalharam. Ainda assim pais e mães pagam os estudos do filho ou filha até o final da universidade, o que é uma pena.
Universidade é uma possibilidade para quem já tem um interesse definido, assim irá estudar consciente deseus desejos e interesses profissionais. Jovens que fazem o colegial e vão direto para o estudo universitário não estão preparados, e correm o risco de perderem a chance de se adestrarem no mercado de trabalho.Foi-se o tempo em que a faculdade preparava o adulto jovem. Não preparava e não prepara. Sem desafios não se cresce. Tem que trabalhar e provar suas habilidades já constituídas desde a infancia. O fto de cursar universidade não é garantia de emprego certo.
As empresas estão dando importancia a estágiarios portanto estágio em uma empresa que possa ter interesse em você é fundamental. Lá você descobrirá mais acerca do seu potencial, interesses, o que auxiliará na escolha de seu futuro profissional.

Concluindo:
 Um curso técnico profissionalizante é uma grande opção, ao invés do colegial. As pessoas já podem desenvolver projetos na escola, trabalhar e ter mais condições de elaborar um plano de vida profissional.

Pode vir a ganhar seu sustento antes de pensar na sua vocação, que é uma palavra inglória nos dias de baixo poder aquisitivo e no mundo competitivo atual.
Se necessitar, busque um(a) psicólogo(a) para definir suas áreas de interesse e sua capacitação. 
As perguntas do início precisam serem respondidas ao seu tempo. Não há pressa para ser um gênio em sua profissão.Além do que a vida é muito mais que sucesso profissional.

Escute, leia, se servir guarde, senão jogue ao vento.








Postar um comentário

Citação

Jung: ...A vida nada mais é do que um hiato. O que fazemos dela, o sentido que damos para ela enquanto vivemos importa mais do que qualquer acúmulo de glória e riquezas materiais.