Pesquisar este blog

domingo, março 21, 2010

Últimos Tempos - Novos Tempos

Faz tempo que não escrevo alguma notícia da área, 'so sorry'. Ando decididamente em direção ao meu futuro e o ir já substitui o vir. Lembro-me de Perséfone, entre dois mundos, germinando e colhendo, com sua mãe Deméter. Faz já 13 anos que me encontrei o seu mito. Até fiz uma dissertação na meia idade, sendo Koré (nome da jovem Perséfone) de novo. Devagarzinho, gestando, e agora de forma sôfrega, anseio correr os campos da minha infancia, que pensei perdida. Muita terra e plantas, veja só, eu que sou do signo da água. Vento, mas uma brisa leve, ou grandes temporais, que 'la nave va'. Um novo começo, com coisas antigas e novas.
Se passar por aqui deixe um alô.

Enquanto isto, 'nas águas de março' vou para minha 'casa no campo', borboleteando entre eu e mim mesma, este vasto mundo.
Postar um comentário

Citação

Jung: ...A vida nada mais é do que um hiato. O que fazemos dela, o sentido que damos para ela enquanto vivemos importa mais do que qualquer acúmulo de glória e riquezas materiais.